Celebrações  Material de Apoio 1º Ano  Material de Apoio 2º Ano  Material de Apoio 3º Ano  Material de Apoio 4º Ano    Material de Apoio para o 5ºAno   Material de Apoio para o 6º Ano    Outro Material   Documentos     Vários  Comentários   Links

 

 

Sereis minhas testemunhas
 
Tu confias em nós, Senhor,
e por isso nos fazes Tuas testemunhas,
portadoras da Tua mensagem,
construtores do teu projecto.
 
Tu nos fazes firmes e corajosos,
alegres e generosos,
em todos os ambientes que frequentamos:
na família e na escola,
no trabalho e nos divertimentos.
 
Tu nos queres Tuas testemunhas,
com nossas palavras e atitudes,
com nossos gestos e critérios
com a nossa vida de cada dia.
 
Somos espelhos onde Tu refletes
a Tua bondade e misericórdia,
a Tua verdade e a Tua luz;
somos espelhos
onde cada homem encontrará reflectida
a sua dignidade de filho Teu.
 
Somos caminho por onde passas
para chegar aos homens, nossos irmãos.
 
 
 
 
 
 

 

 

 

"Tudo na tua vida pode ser um admirável milagre:

a oportunidade de seres mais pessoa.

Na verdade, não podes ser feliz

nem gozar de quietude interior,

se persistes em ser

o que os outros querem que sejas,

vivendo a tua vida

apenas conforme as regras dos outros."

Do livro: Vitaminas Espirituais (Ed. Paulinas) 

 

 

Viver o presente

Senhor, dia após dia, instante após instante,

eu redijo o romance da minha vida

escrevo-o para a eternidade.

 

Concede-me que eu viva o mais possível

em plenitude cada instante.

Cada instante que me dás nunca mais me  será

dado novamente.

Não quero que isso me angustie, mas que me dê

o desejo de não desperdiçar a minha vida.

 

Cada instante é uma gota de união contigo.

Eu não vivo o passado nem o futuro mas  vivo este

momento.

 

E se eu estou unido a Ti tenho Tudo.

 

André Séve - tirado da revista "Rosário de Maria" Fev. 2011

 

 

...........................................................................................................................

Chegou o Catecismo do 4º Ano

Quando quero falar com Deus:

Quando quero falar com Deus, às vezes calo-me e elevo o meu pensamento, peço ajuda no meu sofrimento. Ele é Pai, Ele escuta o que pede o meu coração.

Quantas vezes, ao falar com Deus, desabafo e choro e Lhe imploro alívio para o meu coração.

E então sinto a Sua presença, o Seu amor, a Sua luz tão intensa que ilumina o meu rosto e me alegra na minha oração.

Quanta paz! Quanta luz! Deus ouve-nos, mostra-nos o caminho que a Ele conduz.

Deus é Pai, Deus é luz. Deus diz-nos que a Ele se chega seguindo Jesus.

 ......................................................................................................

Anúncio do nascimento de Jesus - 18Ora, o nascimento de Jesus Cristo foi assim: Maria, sua mãe, estava desposada com José; antes de coabitarem, notou-se que tinha concebido pelo poder do Espírito Santo. 19José, seu esposo, que era um homem justo e não queria difamá-la, resolveu deixá-la secretamente. 20Andando ele a pensar nisto, eis que o anjo do Senhor lhe apareceu em sonhos e lhe disse: «José, filho de David, não temas receber Maria, tua esposa, pois o que ela concebeu é obra do Espírito Santo. 21Ela dará à luz um filho, ao qual darás o nome de Jesus, porque Ele salvará o povo dos seus pecados.»

22Tudo isto aconteceu para se cumprir o que o Senhor tinha dito pelo profeta: 23Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho; e hão-de chamá-lo Emanuel, que quer dizer: Deus connosco. 24Despertando do sono, José fez como lhe ordenou o anjo do Senhor, e recebeu sua esposa. 25E, sem que antes a tivesse conhecido, ela deu à luz um filho, ao qual ele pôs o nome de Jesus.

 

Assim ficou o nosso presépio.

Presépio - Figuras para recortar, pintar e colar numa cartolina 

CAMINHADA DE ADVENTO 2010  

 ESTANDARTE DE NATAL

 

 

Da Revista "Rosário de Maria" Nov. 2010

 

"Senhor,

chamaste-me a ser catequista

da Tua Igreja.

Confiaste-me a missão

de anunciar a Tua Palavra,

de denunciar o pecado,

de testemunhar,

com a minha vida,

os valores do Evangelho.

É pesada, Senhor,

a minha responsabilidade,

mas confio na Tua graça

e na Tua confiança em mim.

Faz-me Teu instrumento

para que venha o Teu Reino,

reino de amor e de paz,

de fraternidade e justiça."

Rev. Catequistas Set. 2010

 

 

 

SENHOR,

Eis-me aqui,

pronto para Te escutar.

Fala, Senhor, e diz o que queres de mim.

Tu sabes tudo,

conheces o mais profundo de mim,

e vês o que eu próprio não vejo.

Liberta-me do meu eu,

abre-me a Ti,

chama-me novamente

e torna-me Teu discípulo:

na fidelidade da entrega,

na confiança absoluta,

na certeza do Teu amor.

 

Mestre,

ensina-me a viver!

Faz-me sinal de Ti,

para que eu também, como Tu,

possa ser sinal para os mais pequeninos,

e fazer deles Teus discípulos.

Liberta-me das cadeias que me prendem,

abre os meus olhos, quero ver!

Abre os meus ouvidos, quero ouvir!

Abre o meu coração, quero amar!

 

Ó Mestre,

faz-me conhecer aquilo que Tu queres

e querer aquilo que me pedes!

 

 

 

A calma.gif (67,7 kB)                               A caridade.gif (28,7 kB)

 

"Creio no Espírito Santo,

que santifica a Igreja de Jesus Cristo

e cada um de nós

derramando nos nossos corações

o amor gratuito que nos é oferecido.

 

Creio no Espírito Santo,

que actua na Igreja de Jesus Cristo

e que permite a cada um de nós

perdoar ao próximo,

escutá-lo e amá-lo.

 

Creio no Espírito Santo,

que acompanha a Igreja de Jesus Cristo

e conduz cada um de nós

a ser testemunhas junto de todos,

da vocação a que somos chamados."

 

 

 Ser catequista é continuar a missão de Jesus, ser a Palavra do Pai, é ser chamado por Deus, ser enviado. É trabalhar com a certeza de que a Palavra de Deus é viva e eficaz, mesmo quando não vemos os frutos com os nossos olhos.

 

 

Senhor meu Deus,

Tu que me chamaste a ser teu discípulo

E que me chamas sempre a algo mais.

Faz também de mim um sinal "mais"

Para aqueles que me entregaste nesta missão.

 

 

O Processo da Evangelização

(...) É necessário conceber a evangelização como o processo através do qual a Igreja, conduzida pelo Espírito, anuncia e difunde o Evangelho em todo o mundo. Ela:

- impulsionada pela caridade, penetra e transforma toda a ordem temporal, assumindo e renovando as culturas;

- dá testemunho entre os povos do novo modo de ser e de viver que carecteriza os cristãos;

- proclama explicitamente o Evangelho, mediante o primeiro anúncio, chamando à conversão;

- inicia na fé cristã, através da catequese e dos sacramentos de iniciação, aqueles que se convertem a Jesus Cristo, ou aqueles que reencontram o caminho do seu seguimento, incorporando os primeiros na comunidade cristã e a ela reconduzindo os outros;

- alimenta constantemente nos fieis o dom da comunhão, mediante a educação permanente da fé (homilia, outras formas do ministério da Palavra), os sacramentos e o exercício da caridade;

- suscita continuamente a missão, enviando todos os discípulos de Cristo a anunciar o Evangelho em todo o mundo, com palavras e obras.

Directório Geral da Catequese 

  

  

 

Um caminho a construir

 

“Viver é caminhar.

Porque a vida é um caminho a percorrer.

Um único caminho.

Caminho cheio de surpresas, de encantos,

de belezas, de dificuldades e de riscos.

Porque nós mesmos construímos o caminho a percorrer.

Não sozinhos, mas com Aquele que caminha ao nosso lado

partilhando das mesmas surpresas e peripécias do caminho.

É um caminho, às vezes, penoso para construir:

espinhos para arrancar, árvores para derrubar,

pedras e barreiras para afastar,

rochas para explodir,

barrancos e morros para aplainar,

valetas e buracos para fechar.

Não é fácil construir o caminho da vida.

Não é fácil construir o próprio caminho.

Muito mais cómodo é andar pelo caminho

que os outros já construíram.

Muito mais simples é ignorar as árvores,

as rochas, as valetas, os morros e passar por cima, por baixo,

pelos lados, por onde der, deixando aos outros o trabalho

de derrubar e construir.

Nada mais simples que esperar acontecer.

Porém, nada menos digno, nada menos humano, nada menos cristão.

Se tu estás ignorando as barreiras do caminho,

se tu estás deixando aos outros o trabalho de construir,

se tu, simplesmente, estás andando pelo caminho

que os outros construíram,

tu estás passando pela vida, sem viver,

sem deixar marcas no caminho…

TU ESTÁS DEIXANDO DE SER.

É preciso coragem para ser.

Coragem para assumir o risco de ser homem,

o risco de viver, o risco de construir o caminho,

o risco de ser.

Coragem para derrubar as barreiras do ódio,

da violência, da injustiça, da opressão.

Coragem para dinamitar as rochas do esgotamento,

da miséria, da escravidão.

Coragem para um caminho novo, um caminho único,

onde eu possa ser eu, nós possamos ser nós.

Para que tu, ele e eu possamos ser mais de Deus.

Este é o caminho a construir.

Caminho diferente, único caminho que nos levará ao fim.

 

O CAMINHO DO AMOR, DA PAZ, DA JUSTIÇA,

DO SERVIÇO.

DA LUTA, DIA A DIA, DA ESPERANÇA, DA COMUNHÃO.

DA CORAGEM DE SER HOMEM.

DA CORAGEM DE SER CRISTÃO.

                                                                    

 Desconheço o autor